Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

.

.

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

Cartões de confirmação do Enem estão disponíveis online

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 podem conferir seus cartões de confirmação de inscrição a partir desta segunda-feira, 27. O sistema de consulta ao cartão está disponível na página do exame na internet. Para acessá-lo, é preciso informar CPF e senha para conferir e imprimir o documento.

A partir desta segunda-feira, 27, os cartões enviados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) pelo correio também começarão a chegar aos endereços informados no ato de inscrição pelos participantes.

Informações

Os cartões de confirmação apresentam os dados pessoais do participante - nome; cadastro de pessoa física (CPF); número de inscrição no Enem; data, hora e local de realização das provas; opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).

Em casos de cartões devolvidos, o Inep entra em contato com os participantes por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail informados ao instituto no ato da inscrição. Quem não receber o cartão, não conseguir imprimi-lo pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, pelo telefone 0800 61 61 61.

Recorde de inscritos

Além de servir de acesso ao ensino superior, o Enem também serve como certificação do ensino médio. Quase um milhão de participantes do Enem farão o exame para conseguir a certificação. A prova ainda é critério para bolsas do Programa Universidade Para Todos (ProUni), Financiamento Estudantil (Fies) e Ciência Sem Fronteiras.

Com 8,7 milhões de inscritos em 2014, esta é a maior edição do Enem. Do total de participantes, 20% estão concluindo o ensino médio neste ano e 57% já concluíram. Cerca de 1,4 milhão de estudantes (17%) ainda estão na educação básica e não se formarão neste ano. Farão a prova como treino.

Estudo mostra que homens praticam mais atividade física que mulheres

Estudo do Ministério da Saúde mostra que os homens fazem mais exercícios físicos que as mulheres. Enquanto 41,2% deles praticam algum exercício no tempo livre, apenas 27,4% delas fazem o mesmo. No total, nos últimos cinco anos, houve aumento de 12,6% no número de pessoas que se exercitam. O crescimento ocorreu em todas as faixas etárias, com exceção da terceira idade, que manteve o percentual.

Os dados estão no levantamento Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgado hoje (24). Para o professor e psicólogo Luciano Santana Lopes, que cursa doutorado na Universidade de Brasília e é especializado em atividade física e educação, hábitos estabelecidos na infância refletem na idade adulta. "É uma questão cultural mesmo. Os meninos são incentivados desde muito cedo pelos professores a participar atividades físicas, principalmente as coletivas, ao passo que as meninas são constantemente direcionadas para um lado mais social, com bem menos exercício físico."

“Fazer exercício significa uma qualidade de vida melhor e uma quantidade de vida maior”, defende Ricardo Munir Nahas, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte. O médico assegura que praticar esportes traz diversos benefícios. “A saúde vai melhorar. Praticando atividade física, as pessoas vão ter menos pressão alta, colesterol mais controlado, menor risco de diabetes, mais disposição para o lazer e para o trabalho. As pessoas dormem melhor e acordam dispostas com menos depressão, menos alterações psicossomáticas. Também controlam o peso melhor, esse controle faz com que a sobrecarga do envelhecimento seja menor para as articulações, principalmente nos membros inferiores, o que diminui as dores articulares.”

Além de todos esses benefícios, o médico explica que estudos mostram que a atividade física reduz a chance de alguns tipos de câncer, além de melhorar a tonicidade da pele. Segundo o Ministério da Saúde, há redução de 20% a 30% de mortalidade por doenças crônicas entre quem pratica atividade física regular.

Ele conta que é muito bom ter o acompanhamento de um profissional de educação física para prescrever os exercícios e de um médico do esporte para avaliar a série, de acordo com o metabolismo e as metas do paciente. Porém, a ausência desses profissionais “não é desculpa para não praticar atividade física”, destaca o especialista em medicina do esporte.

Para a diretora de Vigilância e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Déborah Malta, o aumento de pessoas praticando exercício também se deve à disseminação da informação sobre todos os benefícios. Além disso, ela explica que hoje há mais academias em pontos mais convenientes para as pessoas. ”Há uma ambiência muito favorável em relação aos benefícios da atividade física, sem dúvida isso tem levado a um aumento da prática da atividade física de forma generalizada”, avalia.

A Vigitel também mostra que entre quem tem mais escolaridade a atividade física está mais presente. Entre quem tem mais de 12 anos de escolaridade a prática regular de exercício chega a 45%, enquanto entre os que tem até 8 anos o percentual cai para 22%.

Para que as pessoas com menos escolaridade, e consequentemente, com menor renda, possam ter mais acesso a atividades físicas, foram instaladas 800 academias públicas ao ar livre, como parte do Plano de Ação para Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis do Ministério da Saúde.

Eleitor atea fogo em urna e outro é obrigado a apagar selfie

Apesar de a eleição transcorrer tranquila em Minas Gerais, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) registrou pequenos incidentes envolvendo eleitores. No mais grave deles, em Porteirinha, no Norte do estado, um eleitor ateou fogo em uma urna após jogar gasolina. A urna foi substituída sem perda de votos e o eleitor preso. Os mineiros votam hoje apenas para presidente, porque o governador foi escolhido no primeiro turno.

Flagrado por um fiscal em Belo Horizonte, um eleitor da mesma seção onde o candidato Aécio Neves (PSDB) votou pela manhã, na Escola Estadual Governador Milton Campos, foi obrigado a apagar um autorretrato (selfie) que tirou enquanto votava. Em Barbacena, dois mesários se envolveram em um acidente de trânsito e foram levados para delegacia “com sintomas de embriaguez”.

Ainda em Belo Horizonte, um mesário foi trabalhar com sintomas de embriaguez e levado pela Polícia Federal. Em Ubá, na Zona da Mata, um mesário foi preso por não comparecer para trabalhar na eleição. Além desses casos, um vereador e um eleitor foram encaminhados à Polícia Militar por fazer boca de urna em Prados. O dono de um bar foi conduzido à Polícia Civil por descumprir a Lei Seca em São Sebastião do Paraíso.

No primeiro turno, as eleições em Minas Gerais foram consideradas calmas, mas o TRE registrarou 518 ocorrências entre os 853 municípios mineiros.

Segundo o tribunal, das 45.779 urnas eletrônicas em uso no estado, 159 foram substituídas, sendo 23 em Belo Horizonte. Das 2.453 urnas biométricas, oito foram substituídas. Mais de 900 eleitores apresentaram justificativa de ausência na votação no ônibus do TRE estacionado no Aeroporto de Confins.

A chuva cai em muitos municípios do estado. De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, 164 municípios estavam em situação de emergência, no dia 24 de outubro, por causa da seca e estiagem dos últimos meses.

Site chinês lidera volume de vendas na web brasileira

Nenhum site vende tanto na internet brasileira quanto o chinês AliExpress, parte do gigante Alibaba. Segundo o Ibope E-Commerce a empresa é líder em unidades vendidas no País, com 11 milhões de pedidos entre julho e setembro, bem à frente das 7,2 milhões de unidades do segundo colocado, o grupo B2W, que reúne as marcas Americanas.com e Submarino.

A liderança em pedidos ainda está longe de se traduzir na dianteira que mais importa - em receita - porque o valor médio das compras no AliExpress é de R$ 33, cerca de um décimo da compra média feita na internet brasileira. Mesmo assim, o Ibope E-Commerce estima que o faturamento do AliExpress tenha sido de R$ 330 milhões no terceiro trimestre. Se continuar no mesmo ritmo em 2015, terá faturamento bem acima de R$ 1 bilhão em território brasileiro.

Segundo o presidente do instituto, Alexandre Crivellaro, a expansão dos sites chineses no País se intensificou em 2014. Desde janeiro, a audiência do AliExpress mais do que dobrou no País. Segundo o jornal o Estado de S. Paulo apurou, o investimento em mídia da empresa não chega a US$ 300 mil por mês - sites locais de grande porte investem, com facilidade, dez vezes mais.

"É um fenômeno do boca a boca", diz Crivellaro, explicando a emergência do site chinês. Segundo ele, embora a empresa não tenha atendimento telefônico em português e as mercadorias muitas vezes demorem meses para chegar, a política de trocas do Alibaba garante a devolução do dinheiro caso o cliente afirme não ter recebido o produto - sem perguntas.

Embora a política de importações do Brasil seja considerada restritiva, clientes de sites chineses ouvidos pelo Estado afirmam que raramente pagam impostos sobre os pedidos feitos. Isso ocorre, segundo fontes do setor de e-commerce, porque o Alibaba envia parte dos pacotes como encomendas de pessoas físicas e também "fraciona" pedidos, já que o site é um "marketplace" que reúne diferentes vendedores - por isso, uma só compra pode ter vários fornecedores.

COMPETIÇÃO - Embora os sites chineses sejam normalmente ligados a "quinquilharias tecnológicas" - cabos de alimentação de energia, capinhas para celular, adaptadores -, este não é o "carro-chefe" do AliExpress no País. Quase dois terços das compras de brasileiros no site se concentram em moda e acessórios. As mulheres, aliás, concentram 60% dos pedidos de brasileiros no site.

Esse dado põe o AliExpress em rota de colisão com as líderes do e-commerce de moda no País, Netshoes e Dafiti. Para Philipp Povel, presidente da Dafiti, o AliExpress é um concorrente que a empresa não pode combater em pé de igualdade. "Trabalho com fornecedores brasileiros, tenho equipe de 1,8 mil pessoas e pago impostos", diz o executivo. "Sou muito a favor da abertura de mercado. Mas, nesse caso, acho assimétrico."

Procurada pela reportagem para falar sobre a tributação aos produtos vindos da China, a Receita Federal informou apenas que existe um sistema em desenvolvimento, parte de um acordo com o Alibaba, para agilizar as entregas. "Essa simplificação ocorrerá em função da análise prévia das informações, bem como da tributação automática das encomendas." O Alibaba não respondeu ao pedido de entrevista da reportagem.

Já os Correios afirmaram que, por enquanto, não há tratamento especial para as encomendas do Alibaba, embora isso possa mudar no futuro. A empresa afirma ainda que, desde 2009, o volume de encomendas de pequeno porte da China vem aumentando 100% ao ano.

Segundo Pedro Guasti, diretor executivo da ebit, empresa que reúne informações do setor de e-commerce, a definição de uma política de tributação para as compras em sites internacionais é necessária, uma vez que um terço dos clientes do e-commerce nacional já comprou em sites de fora. Segundo a ebit, os brasileiros gastaram US$ 5 bilhões em sites internacionais em 2013, sobretudo na China. Neste ano, o e-commerce nacional deverá movimentar R$ 35 bilhões, segundo a empresa.

Por Estadão

Presidente Dilma é reeleita para mandato de mais quatro anos

A presidente Dilma Rousseff (PT) foi reeleita, neste domingo, para mais quatro anos de mandato. A petista venceu uma das disputas mais acirradas dos últimos anos contra o senador Aécio Neves (PSDB). Conforme dados da apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a petista ficou com 51,18% dos votos válidos, contra 48,82% do tucano. Ao todo, Dilma alcançou mais de 52 milhões de votos e venceu em praticamente todas as regiões do país. 

Dilma Rousseff venceu o segundo turno com 53 milhões de votos (51,45%) contra 50 milhões de Aécio (48,55). Dilma Rousseff nasceu em 14 de dezembro de 1947, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ela é formada em Ciências Econômicas, com mestrado e doutorado. Durante a juventude lutou contra a ditadura militar no Brasil. Se envolveu com o Comando de Libertação Nacional e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares e chegou a ficar detida entre os anos de 1970e 1972. Exerceu os cargos de Secretária Municipal da Fazenda de Porto Alegre, Secretária Estadual de Energia, Minas e Comunicações. No governo do ex-presidente Lula foi ministra de Minas e Energia e ministra-Chefe da Casa Civil da Presidência da República. Foi eleita presidente da República em 2010.

Mirabilandia recebe mais uma edição da Hora do Terror

Foto: Gustavo Belarmino/NE10
Na semana que antecede o Halloween, festa das bruxas tradicionalmente celebrada nos EUA, o Mirabilandia recebe mais uma edição da Hora do Terror, um dos eventos mais aguardados do ano pelos frequentadores do parque. O espetáculo Sanatório começou nesta sexta-feira (24), das 18h às 20h.

Mais de 100 personagens vão recepcionar o público e contar uma história recheada de mistério, suspense e terror. Entre eles, Freddy Krueger, do filme A hora do pesadelo; Jason, do filme Sexta-feira 13; A Família Adams; e Leatherface, do filme O massacre da serra elétrica.

Além desses personagens, o espetáculo vai amendtrontar ainda mais os participantes com bruxs, demônios e faunos. Antes e depois da peça haverá show pirotécnico.

Vírus do ebola já matou 4.922 pessoas, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que quase a metade das pessoas infectadas por ebola, em oito países, morreram. São 10.141 infectados e 4.922 mortos, segundo o novo balanço divulgado nesta sábado (25). Na última quarta-feira (22), a OMS tinha divulgada que o número de infectados era 9.936 e o de mortos, 4.877.

No total de infectados, 4.655 estão na Libéria, 3.896 em Serra Leoa, 1.553 em Guiné, 20 na Nigéria, quatro nos Estados Unidos, um no Senegal, um na Espanha e um no Mali. A Nigéria e o Senegal foram declarados livres do vírus há uma semana.

A OMS indica que, em sete meses de surto, 450 profissionais de saúde foram infectados e 244 morreram.

O atual surto de ebola é o mais extenso e prolongado desde que o vírus foi descoberto, em 1976. No dia 8 de agosto, a OMS decretou estado de emergência de saúde pública de alcance mundial e fez um apelo para que a comunidade internacional se mobilize para combater a epidemia na África.

Por Ne10

Top