Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

.

.

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

Semana da Bíblia de Limoeiro apresenta Ministério Trazendo a Arca

O prefeito de Limoeiro, Thiago Cavalcanti, confirmou na manhã desta terça (25) que o Ministério Trazendo a Arca será a atração da Semana da Bíblia 2014. O evento acontecerá entre os dias 12 e 14 de dezembro, na Academia da Cidade, no Bairro Otácio de Lemos. Na sexta (12), das 19h às 21h, acontecerão as apresentações dos ministérios das igrejas locais. A partir das 21h, Trazendo a Arca sobe ao palco pela primeira vez na cidade. No sábado (13), começando às 19h, a programação contará com atividades desenvolvidas pelas igrejas envolvidas na organização do evento. Já no domingo (13), no final da tarde, a organização planeja a colocação da pedra fundamental com culto ao ar livre na “Praça do Sesi”, local onde será instalado monumento que representará a Praça da Bíblia. (Imagem | Internet | Divulgação)

Por Alfredo Neto (Blog do Agreste)

Prefeitura de Limoeiro segue retirando metralhas das ruas da cidade


Com o objetivo de manter as ruas da cidade limpas, a Prefeitura Municipal de Limoeiro, através da Secretaria de Infraestrutura, segue com o trabalho de retirada de metralhas.

Está sendo recolhido o acumulo de metralhas que se encontra em várias ruas, deixando assim a cidade mais limpa e mais bonita. Nas últimas semanas, várias toneladas de metralhas já foram retiradas das ruas do nosso município.

Com a iniciativa, a Prefeitura tem diminuído os transtornos causados a população. “Este material prejudica bastante o tráfego e a locomoção dos cidadãos. Por isso, atendendo a recomendação do prefeito Thiago, estamos intensificando o trabalho para deixar as ruas limpas e organizadas”, explicou o secretário de Infraestrutura Artur Filho.

Número de doadores de sangue regulares aumenta no Brasil

O número de doadores de sangue fidelizados no Brasil, aqueles que doam com regularidade, aumentou, mas continua longe do ideal. O alerta é de especialistas neste Dia Nacional do Doador do Sangue, celebrado hoje (25).

Para o biólogo molecular da Fundação Pró-Sangue de São Paulo, Eduardo Levy, a melhora da instrução e mais informações podem explicar o aumento. “Cerca de 60% dos doadores aqui (Fundação Pró-Sangue) são doadores que vêm de forma altruística e com regularidade. Mas em alguns países, como na Inglaterra esse percentual chega a 100%”, contou ele.

Por outro lado, o biólogo lamenta que a sociedade esteja cada vez mais individualista, sobretudo, os jovens e teme que os números voltem a cair. “Precisamos de campanhas e de educação nas escolas que combatam o egoísmo e ressaltem a importância de termos uma sociedade solidária. O sangue só vem de um ser humano, não existe sangue artificial e dependemos dos doadores”, completou o médico.

O gerente médico da Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), Fábio Lino, lamentou que o mais comum entre os brasileiros ainda seja a doação a parentes e conhecidos em situações de emergência. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que 5% da população de um país doem sangue regularmente para manter os estoques de sangue dos hemocentros. No Brasil esse percentual está entre 2% e 2,5%”, disse ele. “As campanhas ajudam pontualmente, mas falta conscientização. Falta essa cultura de perder um dia da vida para tentar ajudar o próximo doando sangue.”

Leia mais em Diário de Pernambuco

Justiça bloqueia mais R$ 33,5 milhões de funcionários e executivos de empreiteiras

A Justiça Federal bloqueou mais R$ 33,5 milhões pertencentes a executivos e funcionários de empreiteiras investigados pela Operação Lava a Jato, da Polícia Federal. O dinheiro estava distribuído em contas, fundos de investimento e planos de previdência. As informações foram enviadas em ofício do banco Bradesco ao juiz Sérgio Moro, na sexta-feira. Como a “varredura” continua sendo executada pelo Banco Central e pelas instituições financeiras, não é possível antever qual o montante que será bloqueado ao fim do processo.

O maior bloqueio foi feito nos recursos do diretor-presidente da OAS, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, que teve mais R$ 11,6 bilhões congelados em fundos de investimento, aplicações e planos de previdência complementar. Na última atualização das informações, na quinta-feira, R$ 46,8 mil haviam sido bloqueados das contas de Agenor. Recursos significativos também foram confiscados na empresa Technis, pertencente ao lobista Fernando Soares, mais conhecido como Fernando Baiano. A empresa teve bloqueados mais R$ 4,6 milhões em fundos e aplicações, em adição a outros R$ 2 milhões que já haviam sido congelados de uma conta no Santander.

Em dois casos os investigados não haviam tido dinheiro bloqueado até o momento. É o caso de Erton Medeiros Fonseca, diretor-presidente de Óleo e Gás da Galvão Engenharia, que teve R$ 666,5 mil confiscados, e de Valdir Lima Carreiro, da Iesa, que teve R$ 32 mil em ações bloqueadas.

Leia mais em Diário de Pernambuco

Vestibular do IFPE tem menor abstenção dos últimos três anos

O domingo foi de vestibular para candidatos interessados em ingressar no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). O clima de tranquilidade marcou o dia de prova. Segundo a instituição, o índice de absteção foi 16,95%, o menor dos últimos três anos. Ao todo, estavam em disputa 5.247 vagas em cursos técnicos e superiores.

O gabarito preliminar está disponível no site da Comissão do Vestibular (CVEST). 

Os testes aconteceram em 21 cidades do estado, além do Recife, que concentrou a maioria dos participantes. Dos 73 prédios usados no vestibular, 41 foram na capital pernambucana.

“Como estou concluindo o Ensino Médio, achei a prova fácil. Foi muito bem elaborada. Eles trabalharam bem o tema racismo, que é bastante atual. E matemática foi bem contextualizada”, garantiu a candidata Larissa Maria Barbosa da Silva, de 18 anos.

Os candidatos aos cursos técnicos responderam a 30 questões (10 de português, 10 de matemática e 10 de conhecimentos gerais). Para os cursos superiores, fora os 50 quesitos distribuídos entre as disciplinas de português, língua estrangeira, matemática, física, química, biologia, história e geografia, haverá prova de redação.

Leia mais em Diario de Pernambuco

Pura adrenalina no Campeonato de Velocross, em Limoeiro

Os motores roncaram mais alto na manhã deste domingo (23), em Limoeiro. A cidade sediou a etapa final do Campeonato Mata Norte de Velocross. Pilotos classificados de diversas regiões participaram das onze categorias. Segundo Sérgio Flores, diretor da FEPEM – Federação Pernambucana de Motociclismo, o evento superou as expectativas. “Limoeiro é um celeiro de bons pilotos, já é a quarta vez que trazemos esse evento para a cidade. Todos os pilotos estão de parabéns. E também gostaria de agradecer o total apoio da prefeitura e a ótima recepção do povo limoeirense”.
A prefeitura forneceu máquinas para a criação e manutenção da pista durante a competição. A estrutura foi montada no Parque Liberdade, localizado na PE-50, onde uma super pista de 800mx10m garantiu muita adrenalina para os pilotos e os expectadores. Foram distribuídos mais de 11 mil reais em prêmios, além de troféus e premiação em dinheiro, no final do evento foi sorteada uma moto Hayden 50cc 0Km entre os pilotos.

Velocross - É uma modalidade esportiva na qual competem pilotos que utilizam motos Trial ou Off-Road, usadas também no Motocross. A grande diferença é na preparação das motos e no tipo de pista. Nas motocicletas o objetivo é garantir maior potência, aceleração e velocidade, pois no Velocross – ao contrário do Motocross – não há obstáculos. A velocidade é o ponto chave da categoria, assim as pistas de Velocross são de média para alta velocidade, com traçados sinuosos e muitas curvas.

Google mapeia Fernando de Noronha

O Brasil concentra a mais rica biodiversidade do planeta, e o arquipélago pernambucano de Fernando de Noronha é um dos maiores símbolos da variedade e da beleza de nossa flora e fauna. Mas são poucos os que têm contato com essa porção do país.
Noronha recebe apenas 250 visitantes por dia, sob estrito controle ambiental. Como não é permitido construir novas pousadas, os quartos que existem são caríssimos. “Limitar o acesso traz um evidente aspecto positivo para a preservação”, afirma o engenheiro florestal Ricardo Araújo, chefe do Parque Nacional de Fernando de Noronha. “Mas fica difícil convencer quem não vê a rica natureza de que é necessário conservá-la.” Está aí a principal motivação da parceria firmada entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável por administrar os parques nacionais, e o Google para criar uma versão on-line da ilha no popular serviço Street View.
Leia mais em VEJA.

Top