Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

Luiz Felipe Scolari, pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002, na Coreia do Sul e no Japão, encabeça a lista.

Luiz Felips Scolari é cotado para voltar a dirigir o Brasil / Fotoarena/Folhapress


Luiz Felipe Scolari é o nome mais cotado para voltar a dirigir a seleção brasileira. O técnico, que foi pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002, na Coreia do Sul e no Japão, encabeça a lista para a vaga de Mano Menezes, que foi demitido nesta sexta-feira.

O nome do comandante conta com a simpatia do presidente da CBF, José Maria Marin. Além do mais, o treinador está sem emprego desde que foi demitido do Palmeiras.

Além de Felipão, outros nomes são bastante comentados: Muricy Ramalho, que recusou a proposta feita pelo então ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Na época, ele abriu mão do cargo e foi campeão brasileiro pelo Fluminense.

O nome do comandante conta com a simpatia do presidente da CBF, José Maria Marin. Além do mais, o treinador está sem emprego desde que foi demitido do Palmeiras.

Além de Felipão, outros nomes são bastante comentados: Muricy Ramalho, que recusou a proposta feita pelo então ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Na época, ele abriu mão do cargo e foi campeão brasileiro pelo Fluminense.


Muricy não descarta deixar Santos para assumir seleção          Ricardo Saibun/Santos FC


No entanto, em recentes entrevistas, o atual treinador do Santos destacou que não recusaria um novo convite para dirigir o Brasil. Muricy tem contrato com a equipe alvinegra até dezembro de 2013. Mas existe uma cláusula contratual o isentando de qualquer tipo de multa, caso seja convidado para ser o novo comandante.

Abel Braga, campeão brasileiro antecipado de 2012 com o Fluminense, também aparece como candidato, apesar de que o treinador renovou seu contrato com a equipe carioca na última terça-feira por mais uma temporada.


Abel Braga renovou seu contrato recente com Fluminense                   Piervi Fonseca/AGIF/Folhapress

Tite, campeão da Libertadores invicto com o Corinthians, e que vai disputar o Mundial Interclubes em dezembro, no Japão, também é um nome bem comentado nos bastidores da CBF, uma vez que o cargo deve ficar em aberto até janeiro. Até lá, o treinador teria tempo suficiente para se desligar do clube paulista. 

Tite renovou seu contrato com a equipe alvinegra no dia 24 de outubro até o fim do ano que vem.

Vanderlei Luxemburgo, que anunciou a sua prorrogação de contrato com o Grêmio por duas temporadas na última quarta-feira, também é cotado.

Pep Guardiola está sem clube desde que deixou o Barcelona. Ele é considerado o maior vencedor entre todos os técnicos da história do time catalão. Em 242 jogos sua equipe marcou 619 gols, e conquistou 13 títulos. Ele também era um dos cotados para assumir o Chelsea, que acertou com Rafael Benitez para comandar a equipe inglesa na Liga dos Campeões e também no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

Por BAND Esporte




Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top