Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2



Curso de Capacitação para Músicos de Banda – Área de Percussão, especificamente para o interior de Pernambuco, especificamente em Limoeiro, é um projeto de capacitação e aperfeiçoamento especial, aprovado pela Lei de Incentivo a Cultura FUNCULTURA, para percussionistas de bandas marciais, fanfarras e sinfônicas. Será ministrado em 02 semanas com uma carga de 60 horas semanais, perfazendo um total de 120hs. O projeto se realizará nos mês de Janeiro, no período de 03 a 14, no município de Limoeiro. Será ministrado para uma turma selecionada de 20 alunos. Funcionará pela manhã, tarde e noite, com duração de 10 horas/dia. No Curso será abordado a Percussão Sinfônica, onde serão apresentados as técnicas específicas, repertório e a literatura dos instrumentos de percussão. As explanações teóricas serão apresentadas em datashow, demonstrações técnicas e prática de conjunto serão realizadas no instrumento e em grupo. Será distribuído para cada aluno uma apostila com conteúdo a ser abordado e praticado durante o curso. Ao final, os alunos participantes receberão um certificado.



JUSTIFICATIVA DO PROJETO

A realização deste projeto vem a preencher uma lacuna existente na formação dos músicos do interior, em especial os percussionistas. Tendo participado e ministrado vários cursos de percussão, foi observada uma carência enorme aos profissionais e alunos provenientes dos municípios mais distantes do interior do estado. São várias as dificuldades apresentadas, como locomoção ao grande centro e também a condição financeira para a aquisição do instrumento. Temos constatado também grandes talentos oriundos desses municípios que hoje são pessoas destacadas na capital, porém uma grande parte não tem acesso aos conhecimentos específicos e técnicos. Esse projeto vem a contribuir para a formação dos percussionistas de banda, dando-lhes uma qualificação, perspectivas profissionais para mercado de trabalho e uma melhoria musical na banda em que ele atua. Este projeto visa também tornar os participantes, semeadores dentro de sua banda ou dentro da sua comunidade, capacitando-os para transmitir os conhecimentos adquiridos aos demais percussionistas e jovem de sua comunidade, e que eles não precisem sair de sua região para adquirir esse conhecimento distante de sua região.


ANTONIO BARRETO, Natural de Recife/PE, obteve o título de mestre em 1995 pela Escola Superior de Zurique, (Master Performance Orchester)- Suiça, classe do Professor Horst Hofmann. Formado pela Universidade Federal da Paraíba - Bacharel em Música – Habilitação Percussão, na classe do Professor Odair Salgueiro; iniciou seus estudos no Conservatório Pernambucano de Música em 1980, tendo como professores José Xavier e Maurício Chiappetta de bateria. Tem Formação Pedagógica, habilitação em Didática das Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, pela Universidade de Pernambuco – UPE. 


Tem 07 Cds gravados com o Grupo SAGRAMA, 04 Cds gravados com a Orquestra Sinfônica do Recife. Foi do Professor Percussão Erudita e Supervisor do Curso de Percussão no Conservatório Pernambucano de Música (1994 – 2010), Professor do Centro Profissionalizante de Criatividade Musical do Recife (1984 – 1999), Ex-Timpanista e Chefe do Naipe de Percussão da Orquestra Sinfônica do Recife (1984 – 2010). Atualmente é professor do Bacharelado em Percussão da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, percussionista do Grupo SaGRAMA (www.sagrama.com.br), Coordenador e Diretor Artístico do Grupo de Percussão do Nordeste – GPN e Diretor Executivo da Associação Sinfônica Jovem. (www.grupodepercussaodonordeste-gpn.blogspot.com).

Participou de vários cursos de capacitação como: Curso Internacional de Verão de Brasília ‑ CIVEBRA (82, 83, 84, 85), Curso de Inverno de Campos de Jordão ‑ SP (86). Curso Internacional de Orquestra – Biel (Suíça ‑90, 91), 3º e 4º Festival Musique et amitié (Suíça ‑94,95). 

Trabalhou como percussionista na Casa de Ópera de Zurique, Orquestra Sinfônica de Zurique (SOZ), Tonhalleorchester, Orquestras do Estado de São Paulo, Paraíba e Natal.Foi membro do grupo de percussão CONTON – Suíça, durante o período de estudo.

Ministrou aulas no XIII, XIV, XX e XXI Seminário Internacional de Música ‑ UFBA e no Iº Festival Internacional de Música de Natal – UFRN (1998), II Encontro Nacional de Bandas e Fanfarras de Pernambuco, Outubro de 1987. Professor de Percussão do IX FESTIVAL NACIONAL DE ARTE - FENEART/PB – Novembro de 2003. Participou do XIV Festival de Música Instrumental da Bahia/2006, Festival de Percussão 02 de Julho – Bahia (2008 e 2010), Orquestra Filarmônica de Itabaiana (Sergipe) período 14 – 20 de Outubro. Ministrou palestra na Semana da Música da UFPE – Nov/2011

Coordenador dos projetos: I Festival Nordestino de Percussão do Nordeste – FENOPE – Julho de 2000, Projeto Cultural I ENCONTRO PERCUSSIVO REC PE, Julho 2008, Percutindo por Pernambuco – 2010/2011, “CONSONÂNCIA” – 2010/2011,Percutindo à Quatro Mãos – 2011 e Curso de Capacitação de Músicos de Banda – Percussão – 2011.

Atuou como solista executando as seguintes obras: Divertimento para Marimba e Cordas de Radamés Gnattalli, (Orquestra de câmera “ïl Mosaico” – Suíça) concerto realizado no Mosteiro de São Bento, Olinda/PE e no Espaço Cultural em João Pessoa/PB, sob a regência de Hermann Ostendarp, Concertino para Tímpano, Metais e Percussão de Michael Colgrass, (Grupo de Metais da O.S.R.) sob a regência de Eugen Egan, Concertino de Vibrafone e Cordas de Siegrifd Fink: com a Orquestra de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música, sob a regência de José Renato Accioly; Concerto p/ Vibrafone e Grupo de Percussão – Ney Rosauro com Grupo de Percussão do Nordeste, sob a regência de José Renato Accioly; Concertino para Xilofone e Orquestra de Toshiro Mayzumi; Música de Câmara; CARROSSEL, duo para Marimba e Vibrafone – David Friedmann/Samuel David.Fünf Anrufüngen op. 81b percussão solo de Bertold Hummel Schattenspiele, Concerto grosso para cordas, dois Violinos e Tímpanos (1943/44) de Adolf Brunner Concertino para Piano, Cordas e dois Percussionista de Andréas Nick, sob a regência de Peter Wettstein, Maio de 1990, Suíça; FIVE FOR ORGAN & MARIMBA de Myron J. Roberts: Concerto para Orgel e Percussão de N. Houfelder; Música Solo: American Suite para Caixa-clara de Gay G. Gauthreayx II: V. Improvisation Tímpano Solo de Eliott Carter; CONVERSATION Suíte para Marimba Solo de Akira Miyoshi; Frogs – Keiko Abe.


Participação na gravação e lançamento do Cd da cantora Cris Nolasco Pele Negra(29/06/2011 junto ao SaGRAMA, do Projeto Cultural SaGRAMA & Convidados Timbres da Cultura Nordestina (agosto/novembro), participou na qualidade de musicista do IV Encontro Nacional de Flauta Doce: Novos Caminhos da Flauta Doce (out 2010), participou do X Encontro Regional Nordeste da ABEM, JUN/2011, participou junto ao Grupo de Percussão do Nordeste do XXI Festival de Inverno de Garanhuns (julho), participou no recital de Canto da musicista Simone Foltran, estreando obra inédita do compositor Samuel Cavalcanti – Mimese, participou da Orquestra de Câmara da UFPE, Música Moderna, Nov2011, Estreou obra do compositor Nelson Almeida, Calunga para Metais e Percussão, participou no XIV VIRTUOSI como  interprete na palestra A MÚSICA CONTEMPORÂNEA DO NORDESTE e como  músico convidado da orquestra do festival– Dez 2011.

 DIRNEY PACÍFICO


Natural do Recife, PE, iniciou seus estudos no Conservatório Pernambucano de Música em 1997 com o Professor Ebel Perrelli, prosseguindo com Cid Cruz, Maurício Chiappetta e percussão erudita com Antonio Barreto.

Formado em Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente professor concursado de percussão erudita no Conservatório Pernambucano de Música e Timpanista Assistente na Orquestra Sinfônica do Recife.

Participou como Timpanista e percussionista nos projetos culturais: I Encontro Percussivo Rec Pe, Percutindo por Pernambuco e CONSONÂNCIA; com orquestra jovem do Conservatório Pernambucano de Música participou dos  Circuito Sinfônico 2006, 2007, 2008. Do concerto do Grupo de Percussão do Nordeste – GPN 2003, Teatro de Santa Isabel. Foi professor de Percussão no Projeto Social Criança Cidada. Participou do Festival de Música de Fortaleza. Participou da Orquestra Orange, sob a direção do Professor Cussy de Almeida.


De 2006 à 2009 realizou mais de 90 concertos com a Orquestra JovemdoConservatório Pernambucano de Música, sendo o Timpanista e responsável pelo  naipe de percussão da orquestra.   Em 2007 foi convidado por professores do departamento de Música da UFPE para
realizar um concerto com o Grupo Sopro Brasil, evento realizado na Concha Acústica da universidade.

Participou de vários workshops e Clínicas de bateria como a de Eduardo Guedes (RJ), Cristiano Rocha (SP), Kiko Freitas (RS) e Workshops de Percussão Erudita e Popular como a de Gaudêncio Tiago de Melo (AM), Lino Hofman (RJ), Joaquim Abreu –Zito- (SP), Ney Rosauro (EUA), Doug Hinrich (EUA).

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top