Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2



Foto: Renato Alexandrino
No primeiro dia de trabalho o prefeito de Moreno, Dilsinho Gomes (PSB), esteve na delegacia da cidade ao lado da secretária de administração e finanças para prestar queixa pelo grave quadro financeiro deixado pelo seu antecessor, Edvard Bernardo (PMDB). O socialista afirma que durante o processo de transição, muitas informações foram sonegadas, e, que, a real situação do caixa só foi descoberta após sua equipe começar os trabalhos no dia 2. Foi verificado que a previdência dos servidores municipais, o Morenoprev, também está com déficit em sua conta.

Dilsinho recebeu a prefeitura com salários e décimo do funcionalismo atrasados. E ainda encontrou o caixa com menos de 2% do valor total para quitar essa divida. No Morenoprev a situação também é bastante complicada. Na conta do órgão existe apenas R$ 8 mil para pagar uma folha de R$ 1 milhão. O atual prefeito também denunciou que os programas, que gerenciam as informações financeiras e fiscais da prefeitura, simplesmente travaram. O delegado Ednaldo Araújo registrou o caso e se comprometeu em apurar os fatos o mais rápido possível.

Por Leonardo Rodrigo

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top