Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2



A Câmara Municipal de Limoeiro, conhecida por suas sessões tranquilas, hoje fugiu um pouco da rotina. A Prefeitura Municipal de Limoeiro encaminhou um projeto de lei em regime de urgência, no qual destinaria 372 mil reais para as Academias da Saúde. Não demorou muito para o vereador Zé Nilton (PTB) reagir, criticando o prefeito Ricardo Teobaldo (PSDB): "Eu sou a favor das academias da saúde, é bom para a nossa cidade. Mas é inadmissível essa falta de conexão entre o poder Executivo e o Legislativo. O prefeito foi muito infeliz em mandar um projeto em regime de urgência urgentíssima." disse o petebista. 

O primeiro-secretário, vereador Daniel do Mercadinho (PSDB), defendeu o projeto, alegando inclusive que teve tempo para ler o mesmo. "No que depender de mim, será aprovado, com certeza".Mas na hora da votação, votaram contra: os vereadores Zé Nilton, Juarez (DEM), Ciciu (PP) e Hilton (PHS). O presidente da Câmara, Zé Félix (PR) deu o projeto como rejeitado, mas em seguida, corrigiu, pois disse que para que o projeto fosse reprovado eram necessário cinco votos, e não quatro. A polêmica reside no fato de que dois vereadores não compareceram à sessão hoje. - Zé de Nena (PSDB) e Bau da Capoeira (PTB).

Por Valdenes Guilherme | Limoeiro News

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top