Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2


Nesta sexta-feira, dia 24 de maio, é comemorado em todo o país o "Dia Nacional do Milho", data criada com o objetivo de estimular e apoiar a produção deste cereal tão presente na vida dos brasileiros. De fato, muitas vezes nem nos damos conta, mas o milho é um produto que está presente na maior parte dos alimentos que consumimos e de produtos que utilizamos no dia-a-dia. 

As mais conhecidas apresentações do milho são familiares a todos nós: pamonhas, bolos, broas, canjica, doces, pipoca, milho verde e outros produtos consumidos sob forma direta. O milho, entretanto, é o principal insumo na criação de aves, suínos, bovinos e peixes. "O milho está para a agricultura assim como o aço está para a indústria", compara Nelson Kowalski, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Milho (Abimilho), entidade que representa as indústrias de processamento do grão. 

Pouca gente sabe, mas o milho apresenta mais de 150 aplicações. Ele está presente no papel, nos têxteis, em medicamentos, em tintas, couros, resinas: é utilizado na mineração, na produção de snacks e salgadinhos industriais e é um dos principais componentes da cerveja. 

É no prato, entretanto, que o milho se destaca. Um dos cereais mais consumidos do mundo ao lado do trigo e do arroz, o milho faz parte da chamada base da pirâmide alimentar, apresentando altos níveis de carboidratos, substâncias essenciais para a obtenção de energia. E seu óleo é indicado por médicos e cardiologistas, por apresentar baixo índice de gorduras saturadas e é rico em vitamina E. 

Produto nativo das Américas, o milho integra o cardápio dos brasileiros desde antes do próprio descobrimento do País, constituindo importante alimento de nossas populações indígenas. Hoje, o milho está definitivamente incorporado às tradições brasileiras, sendo o prato de resistência de diversas manifestações culturais, como as festas juninas. 

A despeito de sua enorme importância, o consumo brasileiro de milho ainda é relativamente baixo. Para se ter uma idéia, tome-se o exemplo de um país de condições sócio-econômicas similares às do Brasil, como o México. O consumo per capita deste país está na faixa dos 63 quilos/habitantes ano, enquanto a média de consumo per capita no Brasil gira em torno dos 18 quilos/habitante/ano. 

E é justamente para estimular o consumo de milho que a Abimilho, está lançando uma campanha de divulgação, em todo o território nacional. "Com a campanha, pretendemos difundir o consumo de derivados de milho, um produto competitivo em termos de custo, rico em termos nutricionais e que tanto agrada ao paladar dos brasileiros", diz o presidente da entidade, Nelson Kowalski. 

 MILHO, UM TOQUE INOVADOR E BRASILEIRO PARA SEU CARDÁPIO 

Cansado da mesmice do prato do dia, da repetição de receitas, do "piloto automático" no fogão? Pois inove, incorporando o milho ao cardápio. Produto nobre, rico em nutrientes, ótima fonte de fibras e de energia, o milho é um produto de fácil digestão, de rápido preparo e é apreciado por dez entre dez brasileiros. 

Versátil, o milho é apreciado, cozido ou assado, como milho verde, na forma de pamonha, pode ser consumido como refeição principal, é um acompanhamento perfeito para pratos à base de carnes e rende sobremesas apreciadas, como curaus, bolos e sorvetes, além de sucos. 

Para dar um toque inovador no seu cardápio, a Associação Brasileira da Indústria do Milho (Abimilho) está promovendo uma campanha de incentivo ao consumo de seus derivados, divulgando receitas como as que se seguem abaixo, rápidas, práticas e de fácil preparo. Mãos à obra e ... bom apetite!

CUSCUZ DE CAMARÃO COM FRANGO
Ingredientes

100ml de óleo de canola
1 cebola picada
4 dentes de alho picados
4 tomates maduros picados
1 pimentão vermelho picado
1 xícara (chá) de azeitona verde picada
1 pimenta dedo-de-moça picada
800g de peito de frango cortado em cubos
700ml de água
10 ovos cozidos picados
½ xícara (chá) de salsa picada
300g de camarão cozido
100g de farinha de rosca
500g de cuscuz
Sal a gosto
Azeitona cortada em rodelas para decorar
Camarões cozidos para decorar

Óleo de canola para untar
Modo de preparo:
Em uma panela coloque o óleo de canola, a cebola, o alho e o
tomate. Refogue até sair água do tomate. Acrescente o pimentão,
a azeitona e refogue-os. Adicione a pimenta, o frango, a água
e o sal. Mexa sem parar para não grudar na panela. Coloque
os ovos, a salsa e o camarão e cozinhe por mais 15 minutos.
Acrescente a farinha de rosca e, em seguida, cuscuz, mexendo
vigorosamente. Utilizando as azeitonas e o camarão decore uma
forma de orifício central untada com o óleo. Coloque a massa,
modelando bem. Desenforme e sirva.
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 10 porções

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top