Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2



Uma das notícias mais aguardadas para quem espera ocupar um posto na segurança pública federal chegou nesta sexta-feira (10).

A Polícia Federal reabriu as inscrições para 600 oportunidades, distribuídas entre os cargos de delegado (150), escrivão (350) e perito criminal (100).

O concurso estava suspenso desde julho de 2012, por decisão do Supremo Tribunal Federal. O STF exigia que a seleção pública permitisse a inscrição de pessoas com necessidades especiais, além da possibilidade das PNEs participarem de todos os testes, avaliações e exames, em igualdade de condições com os outros concorrentes.


Nos editais republicados, a condição foi abrangida e 5% do total de ofertas, em todos os cargos, são reservados às pessoas com necessidades especiais, que competem em igualdade com todos os inscritos. O que determinará se o candidato está apto a ocupar a função será o exame médico, de caráter eliminatório, aplicado a todos os participantes. Os fatores incapacitantes estão listados no anexo III dos editais.

Inscrição - O novo prazo para disputar as profissões vai das 10h de 17 de maio até 3 de junho, com taxas de R$ 125 (escrivão) e R$ 150 (perito e delegado), pagáveis até 18 de junho.

O registro de participação pode ser feito nas páginas dos processos seletivos, listadas abaixo (clique para ser direcionado):




Podem pleitear a isenção os profissionais inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), desde que também façam parte de famílias de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135/2007. O requerimento pode ser preenchido durante a vigência das inscrições. O resultado será divulgado em 7 de junho.

Concurso anterior - Quem já havia se inscrito no período de 18 de junho a 9 de julho de 2012 e deseja alterar a cidade de realização das provas ou concorrer como concursando com deficiência, desde que esteja no perfil, deve preencher novamente o formulário de participação e pagar o valor correspondente, caso não tenha desembolsado a quantia anteriormente.

Se o concursando estava participando da seleção de 2012 e não quer mais disputar as vagas, precisa solicitar o reembolso do total desembolsado das 10h de 23 de maio até o dia 24 de maio nos endereços eletrônicos destacados acima, nos cargos em negrito.

Postos e salários - Todas as carreiras exigem diploma de nível superior e carteira de habilitação na categoria B. A remuneração é de R$ 7.514.33 para escrivão e de R$ 14.037,11 para os delegados e peritos criminais.

No caso da função de perito, as ofertas estão divididas por formação: ciências contábeis ou ciências econômicas (12); engenharia elétrica, eletrônica, de telecomunicações ou de redes de comunicação (3); ciências da computação, informática, análise de sistemas, engenharia da computação ou engenharia de redes de comunicação (18); engenharia agronômica (4); geologia (5); engenharia química, química industrial ou química (9); engenharia civil (19); biomedicina ou ciências biológicas (4); engenharia florestal (10); medicina (2); odontologia (1); farmácia (5), e engenharia elétrica (8). 

Provas - Candidatos a perito passarão por prova objetiva, com 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de saberes específicos; teste discursivo com no máximo 30 linhas, e exames de aptidão física, médico, psicológico e de títulos.

Já os aspirantes a delegado enfrentarão prova objetiva com 120 perguntas; exame discursivo com três questões dissertativas e elaboração de peça profissional; exames físicos e médicos; teste oral, e avaliações psicológica e de títulos.

Por fim, os concursandos que disputarem a colocação de escrivão farão prova objetiva com 120 questões, texto narrativo com no máximo 30 linhas e passarão por exames físicos, médicos, psicológicos e de digitação.

A avaliação objetiva será aplicada aos inscritos na provável data de 21 de julho, pela manhã. A duração máxima será de cinco horas para escrivão e perito e de quatro para os que disputam a função de delegado.

Os exames discursivos ocorrem no mesmo dia e horário, com exceção do posto de delegado, que terá os testes aplicados à tarde, também com tempo máximo de quatro horas.

Com exceção da prova oral para delegado, que ocorrerá somente no Distrito Federal, as etapas do concurso serão realizadas em todas as capitais brasileiras e no DF.

Habilitados serão convocados para o curso de formação, que será desenvolvido de 3 de fevereiro a 20 de junho de 2014 em regime de internato, que vai das 7h30 das segundas-feiras às 18h dos sábados. A formação será feita na Academia Nacional de Polícia, em Brasília (DF).

Os concursandos serão submetidos a investigações sociais e/ou funcionais durante todas as etapas. Também poderão ser solicitados exame antidrogas e avaliações médica e psicológica complementares.

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top