Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

A banda ‘Forró da Pegação’, que realizava um show neste domingo (12), na festa de Reis da cidade de São Caetano, interior de PE, acabou passando por uma situação inusitada e traumática para os músicos e para o público. A apresentação da banda teria passado do horário estabelecido no Termo de Ajuste de Conduta, acordado entre a organização do evento e o Ministério Público. Policiais militares subiram ao palco e interromperam o show. Em seguida, o cantor da banda, Pedrinho, disse que não era justo terminar a apresentação de forma abrupta. “Eu queria que os policiais que estão aqui no palco se retirassem, por favor. A gente vai terminar o show com educação. 

Do jeito que o povo pernambucano merece. Esse público não merece truculência”. Nesse momento, os policiais invadem o palco e levam o cantor algemado, com a alegação de desacato à autoridade. O público reagiu de forma violenta e jogou garrafas e outros objetos nos policiais e no palco. Segundo as informações passadas ao TNH1 pelo dono da banda, Léo Martins, o cantor foi liberado após pagar uma fiança de 21 salários mínimos. “Queriam impetrar uma fiança de 40 salários por pensarem no sucesso que a banda faz”, alegou.

Léo Martins disse ainda que o contrarto da banda com a Prefeitura previa a apresentação até 3h da manhã. “Não justifica os policiais chegarem dizendo que iriam prender os músicos e colocar o dedo na cara dos profissionais que estavam trabalhando. Foi um abuso de autoridade” – disse. O dono da banda lamentou o fato que definiu como “desrespeitoso”. “Estávamos vindo de outro show e encerraríamos a semana lá em São Caetano para voltar para casa. Aí acontece uma coisa dessas”, concluiu. Veja o vídeo:



Por: Jornal Cotidiano

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top