Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

A seleção brasileira masculina de vôlei venceu a Itália por 3 sets a 2, com parciais de 27/25, 27/29, 25/17, 28/30 e 15/10, em Trento, na Itália, em seu último amistoso de preparação para o Mundial da modalidade, no qual o time comandando por Bernardinho irá estrear na próxima segunda-feira, contra a Alemanha, na Polônia.

Com o triunfo obtido na noite desta terça, o Brasil fechou com 100% de aproveitamento a série de duelos preparatórios para a competição. Antes de superar os italianos, a equipe nacional derrotou Bulgária e França, ambos batidos por 3 sets a 1, em solo búlgaro. Em seguida, já na Itália, os brasileiros venceram a Sérvia, também por 3 a 1.

A seleção viajará na próxima sexta-feira para a Polônia, onde terá como primeira parada a cidade de Katowice. O Brasil integrará o Grupo B na primeira fase do Mundial, no qual, além da Alemanha, enfrentará Cuba, Finlândia, Coreia do Sul e Tunísia.

Neste confronto diante da Itália, que anteriormente foi batida por 3 sets a 0 pelo Brasil na semifinal da Liga Mundial, também jogando em casa, Bernardinho mandou sua equipe à quadra com o levantador Bruno, o oposto Wallace, os centrais Sidão e Lucão, os ponteiros Murilo e Lucarelli e o líbero Mário Jr. No decorrer do confronto, entraram o ponteiro Lipe, o oposto Leandro Vissotto, o levantador Raphael e os centrais Éder e Renan.

Entre eles, o jogo teve um sabor especial para Raphael, que atuou por cinco anos no Trentino, time da cidade de Trento, no vôlei italiano. "Fui até o jogo pensando sobre os cinco anos incríveis que vivi em Trento. Conquistamos campeonatos importantes, e fazer parte da história do time e realizar a minha pessoal, foi algo muito forte. Foi uma mistura de sentimentos pela saudade da Itália, de tudo que passei aqui, com a alegria de estar com a seleção brasileira e de saber que vou voltar a jogar em casa", ressaltou Raphael, que defenderá o Funvic/Taubaté na edição 2014/2015 da Superliga masculina, após ter jogado na Turquia na temporada passada.

O experiente levantador de 35 anos também destacou que o Brasil ganhou moral com as últimas vitórias, depois de ter sido derrotado pelos Estados Unidos na final da última Liga Mundial, assim como projetou um bom início de Mundial para a equipe de Bernardinho. "Vamos afinar tudo que foi feito até aqui, estudar o que erramos, o que podemos melhorar, as nossas fraquezas, aprimorar ainda mais o que foi feito de bom e, com certeza, esses últimos dias vão servir para chegarmos bem física e tecnicamente também", completou.

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top