Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

O crescente reconhecimento popular de que Paulo Câmara (PSB) tem a experiência e a capacidade para continuar e avançar no legado deixado pelo ex-governador Eduardo Campos, tem se notabilizado como o grande destaque da atual fase da eleição. Em entrevista à Rádio Maranata FM, nesta quinta-feira (28), o candidato da Frente Popular ao Governo do Estado destacou que as ruas têm demonstrado que o pernambucano aprova o “jeito de fazer” de um modelo de gestão que foi capaz de tirar do papel a construção de hospitais, de UPAS, que criou o Pacto Pela Vida e desenvolveu projetos como o Ganhe o Mundo.  “As pessoas reconhecem no nosso grupo a maneira certa de governar. E sabem que estamos preparados para governar por um Pernambuco ainda melhor”, ressaltou, completando: “Aprendi a fazer com Eduardo Campos.”

Na entrevista, Paulo Câmara pontuou que, com o início da propaganda eleitoral de rádio e televisão, no dia 19 de agosto, está tendo a oportunidade de detalhar a população as suas propostas para o desenvolvimento do Estado. O socialista frisou que já pôde apresentar suas ideias para áreas como saúde e educação, destacando que esse conjunto de compromissos foram reunidos após um intenso processo de ausculta popular. Uma característica própria e marcante da Frente Popular. “Temos um modelo de gestão que ouve a população, que corrige, volta atrás. Mas, acima de tudo, que faz as entregas. Um governo compromissado com o povo”, afirmou.

O socialista indicou que o crescimento da sua candidatura de 18 pontos percentuais apontado pela última rodada da pesquisa Ibope sobre a sucessão estadual, mostra que o pernambucano começa a entrar no debate político. Apesar de ainda ser desconhecido por cerca de 50% da população, de acordo com o mesmo levantamento, Paulo Câmara já atingiu a marca de 29% das intenções de voto.

“Nós temos as melhores ideias, o melhor time. É natural que, a partir do momento, que sejamos apresentados à população, ela vai votar na gente. Vamos continuar e avançar no que Eduardo Campos iniciou. Fui escolhido por ele, aprendi com ele a fazer”, destacou Paulo Câmara.

SEGURANÇA – Assim como o ex-governador Eduardo Campos fez em 2007, Paulo Câmara fará da segurança pública uma de suas prioridades. “Eu vou assumir pessoalmente a segurança no Estado. Vamos continuar consolidando o Pacto Pela Vida”, afirmou. No entanto, o socialista faz questão de frisar que não vai se deter apenas a ações repressivas para manter o Estado reduzindo o seus índices de violência. “Vamos investir em ações preventivas, de cidadania, que envolvam as famílias, os jovens”, concluiu. 

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top