Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

Os metroviários de Pernambuco entraram em greve a partir da zero hora desta terça-feira (07). A paralisação deve ser discutida em uma assembleia realizada nesta segunda, quando serão definidos os detalhes da mobilização.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco, Carlos Ribeiro, os trabalhadores optaram por esperar as eleições para comprovar que a decisão é apartidária. “Não estamos nos manifestando por questões políticas. Realmente queremos a melhoria das nossas condições de trabalho. É um risco para as nossas vidas”, justificou.

O objetivo da categoria é exigir segurança. No dia 17 de setembro, o Sindmetro Pernambuco realizou duas reuniões para discutir a falta de segurança no sistema após o cancelamento do contrato do serviço de vigilâcia nas estações. Na ocasião, os sindicalistas convocaram a classe para definir uma mobilização. A greve foi decidida em assembleia realizada na terça-feira passada.

Segundo dados divulgados pela Polícia Ferroviária Federal, somente este ano foram registrados 1,6 mil assaltos no metrô do Recife.O Sindmetro protocolou denúncias específicas sobre a questão da insegurança no Ministério das Cidades, Ministério do Planejamento, Secretaria da Presidência da República, Casa Civil, Ministério Público, Senado Federal. Os trabalhadores se queixam que estações são invadidas, assaltadas e depredadas, pondo em risco a vida dos metroviários e usuários. Ainda segundo os sindicalistas, representantes da CBTU/Metrorec prometeram, no primeiro semestre, um aumento de 25% nos contratos de segurança.

Do Diário de Pernambuco

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top