Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

Dos 6,2 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, 529.374 estudantes tiraram zero na redação. Apenas 250 candidatos tiveram avaliação máxima, nota 1.000.

O número de redações com zero representa 8,5% dos participantes da prova. Sendo que dessas, 248.471 foram anuladas. 

"Há muitos motivos para a anulação da redação. As pessoas devem falar sobre determinado tema e muitos escolhem outros assuntos para escrever. Alguns copiam o texto motivados", comentou Francisco Soares, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais em coletiva na tarde desta terça-feira (13). 

Outras razões para nota zero na redação é o uso de impropérios no texto ou redações com menos de sete linhas.

A maioria dos estudantes tiveram notas entre 300 e 600 na redação. Mais de 1,1 milhão de candidatos tiveram notas entre 301 e 400. Outros 1,16 milhão obtiveram notas de 401 a 500. E 1,5 milhão de alunos conseguiram notas de 501 a 600 pontos.

Dentre os concluintes do ensino médio, a nota média foi de 470,8 pontos em redação. O resultado é 9,7% menor que o de 2013, quando a média era de 521,2 pontos.

O ministro da Educação, Cid Gomes, arriscou como hipótese para explicar a queda no desempenho o tema da redação: publicidade infantil. "Eu arriscaria dizer que não teve a mesma discussão sobre o tema da redação como houve no ano anterior, que era Lei Seca", disse.

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top