Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2


As 235 mil pessoas que se inscreveram na edição 2015 do Programa Popular de Formação de Condutores -, o CNH Popular - já podem consultar se estão entre os 18 mil selecionados para receber o benefício, concedido pela Secretaria das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco, o DETRAN-PE. A consulta deve ser feita por meio do site www.detran.pe.gov.br. Basta o cidadão preencher um formulário eletrônico, informando o CPF, a data de nascimento e o número de inscrição. Quem se esqueceu desse número pode obtê-lo, informando o CPF e a data de nascimento em outro formulário também disponível no site do DETRAN.

O Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, destaca que que a seleção dos candidatos do Programa Carteira de Habilitação Popular (CNH Popular) é feita com base num ranking classificatório definido de maneira totalmente informatizada: isso com base nos critérios de desempate elencados por meio da Portaria 954/2009 do DETRAN-PE.

Consulta - Ao efetuar a consulta, o candidato saberá sua posição no ranking de classificação e a quantidade de vagas reservadas para o segmento em que se inscreveu. Se a posição no ranking estiver dentro da margem de vagas, isto indica que o candidato foi selecionado. Neste caso, ele deve aguardar até o dia 15 de junho quando o DETRAN-PE divulgará a lista de convocação dos beneficiados, contendo o ponto de atendimento ao qual deverão se dirigir com os documentos necessários para fazer a confirmação dos dados informados no ato da inscrição. “Outra opção que facilita a vida dos selecionados é a de, a partir do dia 15, agendar, no site do DETRAN, o melhor dia, hora e ponto de atendimento, para fazer sua confirmação de dados”, recomenda Ribeiro.

Se o candidato não tiver como comprovar as informações prestadas, durante a inscrição no CNH Popular, será desclassificado. Com isso, a vaga será remanejada para outro dos candidatos classificados.

O CNH Popular contempla oito diferentes segmentos, a exemplo de trabalhadores de baixa renda, trabalhadores desempregados, alunos da rede pública e com bom desempenho escolar, além de beneficiários de programas assistenciais como o Chapéu de Palha e o Bolsa Família. A seleção dos candidatos pertencentes aos segmentos de socioeducandos da FUNASE e de egressos do sistema penitenciário é feita por estas instituições. Por isso, o calendário de convocação desses segmentos é diferenciado.

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top