Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

A história do professor, escritor, jornalista e político Antônio de Souza Vilaça, que faria 101 anos neste mês, foi enaltecida na Assembleia Legislativa, nesta quarta (7), em Reunião Solene requisita pelo deputado Henrique Queiroz (PR). Falecido em 2013, o pernambucano, natural de Lajedo, é autor de títulos que homenageiam outra cidade do Estado, onde viveu grande parte da sua vida: “Páginas de Limoeiro”, “Meu Limão Meu Limoeiro” e “Histórias que Limoeiro conta”.

Presidindo a cerimônia, o deputado Antônio Moraes (PSDB) fez questão de estender a homenagem também ao filho do escritor lajedense, Marcos Vinicios Vilaça. “Assim como o pai, ele tem uma bela trajetória, tanto no desempenho irrepreensível na gestão pública quanto ao firmar-se no mundo cultural”, declarou Moraes.

O filho de Antônio Vilaça também se destaca na literatura, sendo hoje membro das academias pernambucana e brasileira de letras, e no poder público, tendo sido ministro do Tribunal de Contas da União. Em suas palavras, Marcos lembrou que este ano, ele junto a seu pai, tem recebido várias homenagens, que tem deixado-o muito envaidecido. “A ‘Pernambucanidade’, é uma palavra mágica porque todos nós, pernambucanos, somos grandes. O passado é a melhor parte do presente, pois nos dá a felicidade de ver o trabalho de meu pai ser reconhecido. A voz dele responde nas paredes do presente, nesta casa Joaquim Nabuco que faz hoje essa homenagem ao velho Vilaça, que permanece vivo, festejando assim o seu centenário” disse Vinicios, que recebeu uma placa condecorativa.

Vários limoeirenses estiveram presentes na assembleia para também render suas homenagens a este ícone da história limoeirense, a secretária de Educação, Rosejara Ramos, com toda sua equipe fizeram-se presente na solenidade onde ocuparam o plenário da ALEPE para que pudessem também expressar a sua satisfação.

Várias autoridades limoeirense, escritores, jornalistas, comerciantes prestigiaram o evento, ladeados com o prefeito Thiago Cavalcanti e o Deputado José Humberto. O chefe do executivo municipal mostrou-se muito feliz com a homenagem e lembrou que a I Bienal do Livro de Limoeiro também recordou o grande papel da família Vilaça na literatura nacional. “Escolhemos a pessoa certa para resgatar a literatura e a cultura da nossa cidade naquele momento, afinal ele (Marcos Vinicios) e seu pai são um dos escritores pioneiros de Limoeiro, que levou e ainda expande o nome do município por todo o Brasil”, disse Thiago.

Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top