Limoeiro
+17...+28° C

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style2

venda creme de avelã Nutella, que conta com uma legião de fãs no mundo todo, está ameaçada. Alguns estabelecimentos comerciais da Itália estão até boicotando o creme após alerta da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos sobre a presença de um ingrediente potencialmente cancerígeno no preparo do produto, o óleo de palma refinado. 
Como informou o site inglês Independent, redes de supermercado, como a líder de mercado Coop, estão deixando de vender Nutella como forma de prevenção. Segundo o alerta da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar, dado em maio de 2016, o óleo de palma pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer se  refinado a temperaturas acima de 200ºC.
O nível de risco ainda não foi definido com exatidão e, por isso, qualquer quantidade é considerada perigosa, especialmente para as crianças. Ou seja, é perigoso mesmo que consumido em quantidades moderadas. “Existem provas suficientes de que o glicidol é genotóxico e pode causar cancro”, explica Helle Knutsen, presidente da autoridade europeia.
Resposta
A empresa Ferrero, responsável pela fabricação da Nutella, contestou a autoridade. A saúde e segurança dos consumidores é a maior prioridade da Ferrero e nós confirmamos que os produtos da Ferrero são seguros", assegurou a companhia. “Fazer Nutella sem óleo de palma poderia produzir um produto inferior, seria um passo atrás”, considera Vincenzo Tapella, diretor de vendas da Ferrero, à agência Reuters. Segundo ele, o produto é responsável por dar ao creme a consistência que ele tem.
O óleo de palma poderia ser trocado por girassol ou colza, no entanto, esta mudança poderia custar até 20 milhões de euros por ano. As marcas Nestlé, Ben & Jerry’s, Cadbury e Clover também utilizam óleo de palma em seus produtos.
em Brasília.
Para os menores de 18 anos que participam do Enem para fins de autoavaliação, os resultados serão publicados em 60 dias, conforme previsto em edital.
No mesmo evento, o ministro ainda deve divulgar as informações sobre o calendário do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017 e anunciar a abertura da consulta pública sobre mudanças no Enem a partir deste ano.
As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público Sisu, bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ainda, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Por Ne10


Sobre Jose Wilker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário


Top